Google corrige falha que deixa vulnerável maioria dos dispositivos Android

Há duas semanas, publicamos aqui, no Blog do Android, uma matéria sobre uma empresa de segurança que descobriu uma brecha no sistema operacional do Google (leia a notícia completa).

 Segundo a empresa (BlueBox), a vulnerabilidade poderia atingir qualquer dispositivo Android que utilize versão igual ou mais recente que a 1.6 (Donut). Resumidamente, a falha permite que um hacker transforme qualquer aplicativo legítimo em um App malicioso (malaware), passando despercebido pelo usuário, operadora e pelo próprio Google.




 Para alívio geral dos usuários e fãs do Android, o Google já lançou uma atualização que corrige tal falha de segurança. Segundo a diretora de comunicação do Android, Gina Scigliano, a atualização já foi, inclusive, repassada para os fabricantes de equipamentos. Obviamente que os clientes ficam agora na dependência da distribuição do conserto por parte de cada empresa. Alguns fabricantes, como a Samsung, já estão corrigindo a brecha em seus aparelhos Android. Gina Schigliano também afirmou que, mesmo sem a atualização, a ameaça não é tão grave, pois não houve qualquer indício de que hackers tenham se aproveitado dela. “O Google Play faz escaneamentos nas APKs e garante total proteção até aos usuários que fazem downloads fora dele”, explicou.

 Vale lembrar que, para que o app malicioso seja instalado eu seu Android, é necessário que você tenha baixado o aplicativo de lojas de terceiros, em anexos via e-mail, através de downloads em websites ou transferência direta via USB ou a partir de um PC. Portanto, enquanto você não recebe sua atualização do Android protegida contra o bug,

mantemos a recomendação de baixar e comprar apps na única fonte 100% protegida, a Google Play Store.

Postagens populares